A caça


E as caças voltaram, o retrocesso que anda de mãos dadas com a loucura.

Nossa justiça tão cega e tão errada, condenam o amor mas não aqueles que nos violam, nos matam.

Destroem nossas casas, enquanto alimentam os poderosos.

Armas de choques nas mãos, lutam contra milhares de vozes, apenas exigindo respeito e atenção.

Vejo tanto, e o tanto que vejo já não faz mais sentido.

Sangues se esvaem, vidas são perdidas e  nossa sociedade não vê queda, apenas dos oprimidos.

Difícil conter o fervor que me agita, eles anunciam a volta das caças.

A caça da humanidade, eles não sabem o que é ser isso.