O caminho até lá.




O céu hoje perdeu sua cor, os pássaros se esconderam, o gelo venceu a chama.

Os ventos uivantes estão despertando meus desejos mais escondidos.

Tudo está mudando, e a direção dos ventos me empurram pra longe

A neblina, a neblina me envolve, impede minha visão.

Talvez queira dançar comigo, me fazer girar, me fazer esquecer por um segundo.

As sombras que me acompanham, querem impedir meus passos.

Minha pele está cicatrizando, mas minha mente ainda está interligada com os momentos que me feri. 

Não vejo mais o mesmo lugar, e quero não ser mais o caminho até lá.