Corações artificiais.






Sou apenas mais uma estranha, vivendo num mundo moderno de corações artificiais.

O tempo que tenho está numa corda em meu bolso, não é digital.

Meus olhos enxergam números, e acima de sua cabeça sua porcentagem é grande.

Sou apenas mais uma estranha, das que sobraram nesse mundo virtual.

Sua porcentagem é grande, e satisfatória pra seu mundo, mas no meu mundo você não é real.

É a nossa diferença, você é feito de números e eu sou feita de vidas.

Mundos incompatíveis, seu coração mecânico nunca saberá as reações que nossas emoções causam.

Estão nos matando pouco a pouco, e a vida já não é a mesma, poucos corações ainda batem.

O que restou da nossa humanidade, hoje nos torna loucos.

Somos a extinção do mundo moderno.