Estou bem.






Agora que está vivendo seu conto de fadas, me diga o que senti quando você olha pra fora de sua imaginação e vê o real se autodestruindo.

Pessoas que você amou morrendo, cartas sem remetentes jogadas no balcão da cozinha.

Me diga quanto tempo dura o efeito de estar em mundo paralelo, você foge da verdade mas não nega lhe o veneno oferecido.

Eu lhe escrevi de tantas maneiras, mas nenhuma carta foi respondida, espero que esteja feliz brincando de fugir, quando seu mundo está desabando.

Havíamos prometido encarar os vendavais que surgissem.

Mas você fez sua escolha, decidiu não viver mais.


você agora é aquela canção cheia de metáforas que martela minha cabeça, suas ultimas palavras foram: Estou bem.

Mas não estava, e no dia seguinte sua respiração deixou de existir.

Seu corpo não havia mais vida, e você desapareceu do mesmo modo que apareceu,
Foi um dia chuvoso, olhei pro céu, senti a dor se retorcer dentro de mim,

E eu disse a mim mesma: Estou bem.