Sentimentos.

Se perde demais em acreditar em coisas que nunca foram reais.

Já tive muitos sentimentos, um dia eu os alimentei e por fim eles me comeram viva.

Como um robô reprogramado, pouco a pouco estou excluindo memórias, e reaprendendo a caminhar.

Quero sim, um dia ser menos ventania e ser mais calmaria.

Mas agora, sou o que nem sei dizer, há pouco espaço para sentimentos, muito menos para demonstrações.