Meu jeito.

Porque as vezes quero relembrar, aquelas noites, onde meus pés pisavam na areia gelada e sentia as ondas do mar.

Porque as vezes preciso relembrar, para não esquecer a sensação que não tenho mais.

É como aquela velha música, que em algum momento você precisa ouvir, para as lembranças retornarem, e te fazer lembrar.

Porque tudo passa depressa, e você só nota quando não se pode mais rebobinar os momentos.

Eu já senti demais, que hoje certas sensações são estranhas pra mim, como se um dia eu nunca tivesse as sentido.

Meu jeito, eu não sei explicar, acho que encontrei uma forma de espantar tudo pra fora de mim.