Mais do que coragem.


Tudo têm estado agitado aqui, como as ondas do mar em seus dias de ressaca.

E essa tempestade que vem chegando, balança esse meu barco frágil.

Não sei, se a fragilidade dele sobreviverá mas um dia escuro a seguir, entre as neblinas e os ventos fortes.

Porque hoje deixei minha alma pronta pra morrer, e olhando o céu, não sei se existe um lugar que eu possa voltar, onde o tempo foi perdido.

O fim as vezes é tão belo quanto o começo.

E é preciso mais do que coragem, para aceitar o que sua mente não vê.