Finalmente sem mim.

Há dias que o silêncio é melhor do que falar, porque as vezes sou apenas mais alguém que é esquecida em algum lugar.

E como um fantasma eu fico à sua volta, tentando fazer algo para que possa me olhar.

O tempo passa e eu contínuo tentando fazer, que minha voz seja escutada por você.

E é visível minha luta, todos os dias seguindo seus passos e te tendo cada vez mais distante de mim.

E como um fantasma eu vago pelas ruas, aceito minha sina e então permito me partir, para que possas viver finalmente sem mim.