E eu digo.

Você diz que não me conhece, e eu digo que você apenas conhece a parte que quer conhecer.

Você diz que não sou sempre a mesma, e eu digo que todos os dias mudo constantemente, porque não sou e nem sinto sempre a mesma coisa.

No meu mundo sou tantas coisas, não vivo presa como você vive no seu mundo de estéticas e padrões.

Deixo livre meus sentimentos e eles me moldam, me transformam todos os dias, as vezes caminho como um furacão querendo destruir tudo a minha volta, e outras com se estivesse caminhando sob as águas, em paz e livre.

Eu não compreendo muitas vezes seu olhar, mas também cansei de decifrar uma incógnita que não vai mudar nada do que já sabemos aqui.

Você diz que vai embora, e eu digo o mundo é grande, aproveite e encontre seu lugar.

Faça valer o tempo perdido, se permita mudar, se permita sentir e não perca a chance de dizer tudo o que quer dizer por fim.