Aprendendo.


Aprendendo a ser forte, as ventanias que antes me balançavam, não me balançam mais.

Sei que posso ser mais do que sou hoje,
Assim como posso sentir.

Estive morando muito longe dos meus sonhos, acordada apenas para sentir o que deixei partir.

Um quadro cinza, eu olhava todos os dias, colocando num papel os meus esquecimentos.

Uma porta enfim se abriu, e sei que ao passar por ela deixarei de ser aquela que enfim deixou de desistir.