Outro plano..

Eu não sei se encontrei a pessoa da qual suportará meus lamentos.

Tenho estado sozinha esses dias com meus devaneios, e tenho notado com mais clareza que realmente eu preciso estar sozinha.

Sou uma intrusa, e nunca deixei de ser porque simplesmente não faço parte de coisa alguma e isso nunca mudou durante estes anos.

Fui talvez uma ponte, e nada mais do que isso.

Não tenho medo de partir, de fechar os olhos e não abri los mais. 

Talvez em outro plano eu realmente signifique algo e minha existência possa fazer sentido..