Estágio.





No primeiro estágio do desapego.
Os dias passam lentos porque seu pensamento está distante demais pra perceber qualquer coisa ao seu redor.


No segundo estágio do desapego.
Você sofre calado esperando que algo mude porque suas ações não fizeram efeito.


No terceiro estágio do desapego e o último.
Você se dá conta que os meses passaram tão depressa, que simplesmente apagaram as lembranças.

E o que antes era importante, hoje já não vale mais nada.
Que as noites em claras e as decepções não foram tão inúteis.


Jogue fora aquela mala fora, aquelas lembranças que hoje já não fazem sentido algum.
Esvazie se para que novos momentos e novas sensações a encontre.

O que vai, não volta mais.

Só se vive uma vez.

o que você foi ontem, você não é mais hoje.