Livre.




É um alívio apagar, algo que ficou por tanto tempo marcado em minha pele.

Passam se os anos, e as mudanças começam a exigir mais de nós mesmos, 
nossos temperamentos mudam e a nossa capacidade de reverter certas coisas.

Hoje posso dizer que me sinto mais livre, que minhas asas foram curadas,
que já não habito a terra dos sonhos perdidos.

Nessa imensidão de sonhos quebrados, meus sonhos foram acordados e 
outros já não são mais sonhos, pois se tornaram real.

E agora, dentro de mim habita a paz que eu demorei tanto para encontrar...