caminhos...




Tenho encontrado pegadas por onde passo,
quem sabe uma delas não me leve até você...

Tantos caminhos a seguir e em tão poucos me arrisco a entrar,
vivendo coberta com o que me mantém, arriscar é um termo que tem me inquietado.

O sol não é o mesmo para todos, assim como
os caminhos também não...


O destino as vezes nos confunde, prega uma peça e chega a hora de abrir a cortina para ver
o que se há por trás dela.

Rosto a rosto com o tal temido destino, surge então as escolhas, é nessa hora que tudo
pode ter um fim, ou um novo começo..


E o tempo na maior parte traz suas respostas mas esperar ele chegar sem buscar,
também é um anulo de vida, é dormir no tempo..


E são tantos passos, e tantos anos, nem sei em qual tempo me conheci.