Tivesse existido.






Seu rosto me acompanha nesta incerta desconfiança da realidade,milhares de rosto a se olhar todos os dias e seu rosto sumiu entre eles, meus olhos procuram por seus olhos e nada encontra  a não ser sombras ao chão.

Na minha mente te mantenho, esperando o dia de te reencontrar das cinzas que você me deixou, desse pó preciso refazer seu retrato embaçado na minhas bagunçadas lembranças.

E onde quer que esteja, seu rosto me acompanha nessa vaga lembrança, daqueles dias que nos olhávamos tão perto, lado a lado sem saber que de repente é como se nada tivesse existido.