Jardim






Caminhando pelo jardim atrás das arvores algo se movimentava,
sentindo o vento soprar meu rosto,
nada além das sombras daquele lugar me acompanhava.. 

Onde estão as plantas que plantei?
todas aquelas rosas que cativei?

sem vestígio algum, é como se tivessem arrancado de lá, sem cores, sem alma, meu jardim se entristeceu
todo aquele cenário perdeu sua magnitude,.

As sombras me rodeiam, cavando todos os meus pensamentos, 
no meu jardim secreto, tudo o que tentei fazer nascer, morreu..

A noite vem, cantos dos pássaros soam como uma perseguição, é hora de correr,
as sombras na noite se tornam mais fortes, querem vasculhar minha mente, levar minha alma..
Quantas almas estão sendo devoradas todo dia, querem matar a fome que nunca cessa,  matar o bem e manter o mal.