Segunda Chance..






Quando os muros começam a desmoronar, você sente a queda, tudo se espalhando ao chão.
Não há mais mascaras, não há lágrimas pra se abrigar, não há porque fingir.

Seus muros foram quebrados, sua felicidade arrancada,
entre a razão e as circunstancias sobrou pouco daquele tempo.

Apenas destroços, seus olhos vêem.

Uma segunda chance,
Hoje? Talvez.

Uma segunda chance de levantar e recomeçar...

Tudo permanece ainda oculto,a queda esta somente em você, e todo esse peso vai te afundando.

Uma segunda chance você pode ter, se quebrar as barreiras da aflição..

Há muito o que se vê nos pedaços caídos, muito a se concertar.

Da queda nos levantamos, da aflição nos afundamos num isolamento resultando a solidão.

Alguns ainda podem mudar seus cenários.