O Hoje







Perco me nas horas pensando no que você sempre diz.

Até onde vão os sacrificios de uma vida inteira vivida?
Até onde chegam as promessas e até quando elas podem ser quebradas?

Vivemos com perguntas e respostas o tempo todo e são delas que sempre me reabilito.

O Amanhã parece ainda distante, mais quando percebo o tempo que se passou,vejo que não tenho todo 
o tempo que gostaria de ter,Porque as feridas nos cegam, me impediam de caminhar, alimentando um buraco, cavando o até os ossos, pra me distrair do tempo que escapava por minhas mãos.

Depois, outro dia, é um tempo que não posso me prender, não posso me apegar no que ainda não sei o que vai acontecer, se o hoje é que faz parte de mim e de tudo o que sou.

Volto pra casa depois de mais uma jornada concluída, abro a porta e percebo que todo sacrificio de hoje valeu a pena, e que mais um dia foi salvo.